sábado, 27 de julho de 2013

Sobre gestos.



Observar e graça de se perder no outro, sem se desprender da gente.
Capacidade de investigar.
Ser especialista em detalhes. 
Gastamos tanta energia decifrando o que o outro diz. Elaborando teorias sobre isso.
Sempre fui grande defensora de decifrar aquilo que o outro faz. 
Gestos dizem mais que palavras,afinal qualquer um pode dizer aquilo que o outro quer ouvir,mas poucos conseguem enganar as atitudes por muito tempo.
Gastamos muito tempo querendo palavras ,adjetivos,promessas ,elogios e juras eternas. Quando ,penso eu, precisamos é de um olhar atento e a sensibidade para sentir o amor do outro por aquilo que ele faz,não pelo que ele diz. 
Por um mundo com mais gestos concretos porque conversa fiada a gente já tem o suficiente por aqui. 


segunda-feira, 8 de julho de 2013